Longa-metragem que mostra casal confinado após a chegada de uma nuvem tóxica foi produzido antes da pandemia e vem conquistando a crítica e o público; pré-estreia em cinemas selecionados acontece dia 26 de agosto.

Um dos filmes brasileiros de maior destaque no exterior em 2021, “A Nuvem Rosa”, dirigido por Iuli Gerbase, estreia no Telecine no dia 2 de setembro com distribuição da O2 Play. O lançamento no Telecine será simultâneo, com a produção disponível na plataforma de streaming do Telecine a partir de 0h e exibição no canal Telecine Premium às 20h.

Profético e muitas vezes assustador, o longa-metragem produzido pela Prana Filmes, mostra uma nuvem rosa tóxica que surge em diversos países, forçando todos a ficarem confinados. Produzido antes da pandemia, “A Nuvem Rosa”, de certa forma, já antecipava o atual momento e os conflitos que fariam parte do cotidiano a partir de 2020 e que se estendem até os dias atuais.

“Durante a edição do filme, quando a pandemia começou em 2020, foi um momento surreal para mim e para a equipe. Vimos várias cenas se tornando realidade. O que era ficção científica virou nosso dia a dia. Nos países em que já estreamos, como Rússia, Estados Unidos, Romênia e outros, tem sido impressionante como o público está se relacionando com o filme e se vendo projetado na tela. Acho que muitas emoções que sentimos na pandemia estão em A Nuvem Rosa. O filme tem aspectos surrealistas e não é sobre um vírusmas sim sobre os conflitos que surgem quando a nossa liberdade é retirada e precisamos ficar em casa por muito tempo. Então, comparações com a nossa pandemia são inevitáveis”, comenta a diretora.

Na semana do dia 26 de agosto, “A Nuvem Rosa” chega aos cinemas selecionados das capitais São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui