DSC00514

Já aconteceu o Anime Friends, principal festival dedicado à animes e mangás no Brasil, e que sem dúvida já se tornou uma tradição entre os fãs da cultura japonesa em geral.

Em sua décima edição, o ponto alto do Festival continua ficando por conta das atrações musicais internacionais. Mas, as editoras, a cada ano que passa, utilizam mais e mais o evento como um meio de anunciar novos títulos e diretrizes que pretendem seguir. Entre os lançamentos, podemos destacar como mais importantes e recomendados por nós:

– Gurren Laggan (editora Nova Sampa)
– Madoka Magica (editora New Pop)

As duas maiores editoras, Panini e JBC fizeram alguns importantes anúncios. A Panini confirmou o lançamento de Shingeki No Kyojin para novembro e a JBC está estudando relançar YuYu Hakusho e lançou o Diário Sailor Moon (revelando os bastidores por trás da publicação do mangá).

Se você não foi ao evento, ou se foi e tem interesse em ler uma opinião imparcial de quem foi, vamos dar nosso veredicto para os pontos que achamos positivos e o que ainda precisa melhorar. Confesso que não fui a tantas edições, esta foi minha terceira, mas já foi possível sentir grande melhora ao longo dos anos.

 

  • Pontos Positivos

DSC00536

– Os shows internacionais do Anime Friends são sempre pontos positivos! A chance de conferir de perto artistas que marcaram uma fase de nossas vidas pagando um preço acessível sempre será um dos diferenciais do evento, mesmo que em alguns momentos o som não tenha ajudado tanto.

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=DTxxipiApoQ]

– Quem vai ao Anime Friends e não fica impressionado com a quantidade de cosplays bem feitos certamente não aproveitou devidamente o evento. Este ano as pessoas se superaram e a cada 10 passos cruzávamos com algum cosplayer incrível.
Abaixo você confere uma galeria com alguns dos Cosplays mais legais que vimos por lá:

– Uma das minha maiores críticas sempre foram as gigantescas filas na praça de alimentação, porém este ano as filas foram quase sempre pequenas e fluiram bem, principalmente para adquirir o dinheiro do evento.

– A ideia de reunir vários eventos num só valeu a pena, pois vimos todo tipo de pessoa se misturando e interagindo. O que faltou mesmo foi que todos estes eventos fossem igualmente bem acabados, pois em alguns setores notávamos capricho e em outros uma arrumação claramente feita as pressas.

 

  • O que precisa melhorar

– Apesar do atendimento mais ágil na praça de alimentação, ainda não há pouca variedade. Não seria possível abrir espaço para restaurantes locais terem suas próprias áreas no evento?? Isso acontece em diversos eventos ao redor do país e costuma dar certo.

– Os banheiros foram uma lástima. Só haviam praticamente os banheiros químicos e situados, quase em sua totalidade, na área de shows. Mas, e todos os outros eventos paralelos acontecendo nas diversas tendas?? Deveriam haver mais banheiros e melhor distribuídos.

– A sinalização com a programação do dia nos espaços era, quase sempre, pequena e sem muito destaque, o que dificultava na hora de saber o que e aonde aconteceriam alguns eventos.

– A tenda dedicada aos expositores com stands de venda era muito apertada (mais do que o shopping Sogo na Liberdade). Com isso, o espaço de circulação ficava incrivelmente apertado e era desmotivante tentar parar para comprar. Sem dúvida isso desmotiva os comerciantes.

– O Campo de Marte sem dúvida foi um avanço em relação a alguns lugares que já tivemos no passado, mas não seria a hora do evento passar para um local fechado e de porte semelhante?? Para isso temos o Anhembi em São Paulo e o Rio Centro no Rio de Janeiro.

 

  • Vale a pena ir?

Embora ainda tenha alguns problemas que um evento deste porte já deveria ter superado, o Anime Friends continua sendo o mais importante evento do gênero e neste ano se destacou ainda mais por reunir muito coisa no mesmo lugar, certamente se tornando o principal evento Nerd e Geek que temos por aí.

Sendo assim, claro que vale a pena ir. Porém, é importante que aqueles que compram o ingresso, e realmente fazem o sucesso do evento, continuem sempre cobrando melhorias para que um dia tenhamos algo semelhante ao que são as Comic-Cons nos EUA.

 

Se você quer saber ainda mais sobre o que rolou no evento, acompanhe o podcast especial do pessoal do Dollars, basta clivar na imagem abaixo.

dolarAF

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui