Pela primeira vez, o canal exibe uma produção brasileira totalmente gravada durante o isolamento social

Imagine conhecer o amor da sua vida uma noite antes do planeta mudar completamente? Esse é o conceito de “Carenteners“, nova série da Warner Channel coproduzida em parceria com a produtora Huuro Entretenimento e totalmente realizada durante o isolamento social, que estreia nesta terça, dia 30 de junho, às 21h40.

Com exibições todas as terças e quintas, o enredo envolve o casal Cecília e Marcos, que se apaixona antes da quarentena e precisa se adaptar aos novos tempos para manter o relacionamento enquanto lidam com seus próprios problemas, como trabalho, convivências familiares e amizades.

Cecilia (Ana Tardivo)
Marcos (Mateus Sousa)
O projeto inovador consiste em uma série filmada à distância sob direção remota e com os próprios atores operando câmeras, celulares e computadores enquanto interpretam seus personagens. O resultado deste trabalho foi dividido em 10 episódios de cinco minutos cada, que serão exibidos na Warner Channel, em horário nobre, após The Big Bang Theory, e disponibilizados no Youtube do canal.
Os desafios de criar, desenvolver e realizar esse trabalho durante o isolamento social foram grandes, mas para Silvia Fu Elias, diretora de Conteúdo da Warner Channel, foi uma motivação a mais:
“Ter um conteúdo de ficção, feito dentro de todos os protocolos de segurança e com humor nos pareceu o desafio perfeito para esse momento de quarentena”, explica.
A série foi criada e produzida por Aline Diniz, apresentadora do canal TNT e sócia da produtora criativa Huuro Entretenimento, que entende tudo do assunto depois de anos cobrindo entretenimento:
“Sempre estive do outro lado da tela e acompanhar o desenvolvimento de um projeto como esse tem sido uma delícia e incrivelmente emotivo”, diz.
Aline divide a produção com Érico Borgo, conhecido como uma das principais vozes da cultura geek/nerd do país e sócio da produtora. Eles já trabalharam juntos por quase 10 anos no portal Omelete e, mais recentemente, na CCXP.
“Estou muito feliz que o primeiro projeto da Huuro, nossa nova empresa, seja ao lado da Turner e algo tão diferente e criativamente desafiador”, conta Borgo.
Aline Diniz
Érico Borgo
O elenco composto por jovens talentos também se adaptou ao novo ambiente de trabalho remoto e aos desafios que traz esse formato de filmagem. Para Ana Tardivo, que interpreta a protagonista Cecília, realizar algo tão inédito é renovador:
“intenso e transformador em muitos sentidos. Vejo uma possibilidade de criar e executar um conteúdo artístico inovador, tanto na forma, quanto na realização. Está sendo um desafio diário e constante compreender os mecanismos e dinâmicas dessa nova forma de produzir conteúdo audiovisual. Nunca tinha pensado que algo assim pudesse ser realizado. Uma grande honra fazer parte deste projeto”.
Para Mateus Sousa, que vive o protagonista Marcos, o maior desafio é ressignificar formas de contar histórias
“Carenteners é diferente de tudo que já fiz. É um privilégio trabalhar dentro de casa, mas ao mesmo tempo desafiador ajudar a desenvolver e executar outras áreas da produção de conteúdo que vão além da atuação, como a autogravação, maquiagem, figurino, iluminação, cenário. Tudo isso com orientação remota dos profissionais de cada área”.

Carenteners vai ao ar às terças e quintas, às 21h40, logo após The Big Bang Theory, a partir de 30 de junho na tela da Warner Channel.

Sinopse:

Cecília e Marcos tiveram um encontro às cegas, marcado por amigos em comum e a química foi instantânea. Combinaram de sair de novo assim que possível, mas o isolamento social atrapalhou os planos bem quando estavam começando se conhecer melhor. Mas o casal não se dá por vencido e tenta manter a chama do relacionamento acesa com encontros virtuais. Amar, trabalhar, surtar. Em meio à pandemia global, a vida acontece na frente de uma tela de computador. Mas quem imaginou que seria necessário namorar à distância morando na mesma cidade? Cecília e Marcos se apaixonaram uma semana antes da quarentena começar, quando o apocalipse parecia longe demais para ser verdade. Em um piscar de olhos, tudo mudou. Ela se viu presa na casa da mãe controladora de novo e ele tendo que fechar o seu recém-inaugurado botecão e cheio de boletos pra pagar. Mas é em meio a flertes virtuais, chamadas travadas e surtos coletivos que Cecília e Marcos vão encontrar o amor em plena quarentena – por mais que a vontade de se ver os deixe à beira de um ataque de nervos.

  • Personagens:

Cecília (Ana Tardivo): Jornalista, consegue um novo emprego e, no auge de seus 32 anos, finalmente vê a possibilidade de morar sozinha, já que viver com uma mãe controladora e com o irmão egoísta estava sendo um sério problema. No mesmo período das novas resoluções, Cecília sai com Marcos e isso aumenta a sensação de que tudo está no caminho certo… até que começa a Quarentena e tudo precisa ser repensado: ela não pode mais sair com ele e a mãe fica mais neurótica do que nunca, pois ela pertence ao grupo de risco. Uma mudança de casa no meio de uma pandemia se torna algo impensável – e o seu chefe maluco lhe mandando missões em pleno home office também não ajuda – e a vida de Cecília empaca completamente.

Marcos (Mateus Sousa): Impulsivo e muito entregue em tudo que se propõe fazer, Marcos é dono de um bar que acabou de ser aberto. O investimento foi alto, mas se tudo continuar dando certo ele terá o dinheiro de volta em pouco tempo. E os prenúncios são ótimos, pois as suas mirabolantes receitas secretas usando salsicha são um sucesso e tudo parece melhorar com a chegada da apaixonante Cecília em sua vida. Porém, uma semana após a abertura tudo muda: a quarentena chega ao Brasil. Agora, além da dívida, ele deve voltar à sua miserável vida de diretor de arte de publicidade. Além de estar com um estoque imenso de cervejas e salsichas no bar fechado e no apartamento que divide com seu excêntrico amigo, Dino.

Norma (Eliana Ferraz): Uma mulher rígida, mas com um enorme coração. Mãe de Cecília e JC, Ela é bastante dura com a filha (principalmente com higiene), mas é porque no fundo só quer protegê-la do Coronavírus. Norma tem uma postura oposta com JC, mimando o filho ao extremo – uma vez que ele acabou de sair da casa do pai no RJ e veio morar com ela. No decorrer da temporada, os filhos percebem que a mãe está sempre muito entretida com o WhatsApp, e desconfiam que ela está em um web namoro.

Dino (Pedro Paulo Vicentini): Distraído e excêntrico, divide apartamento com o amigo Marcos, que não entende como Dino ganha dinheiro se aparentemente, ele é inútil. É chefe de Cecília na redação do jornal e sempre propõe as pautas mais inusitadas para ela apurar. Ele é um sujeito desleixado que consegue as coisas por estar sempre alheio demais para se preocupar – o que ele faz de errado é na completa inocência. Com um trauma no amor, Dino é um cara que não acredita muito “nessas coisas” e vai sempre duvidar que o relacionamento de Marcos com Cecília vai durar no pós-pandemia. Dino já namorou a influencer Camilinha em um passado não tão distante, e tem um crush por Amanda Speedster, que beira a adoração.

Julio Cesar/JC (Richard Abelha): Irmão de Cecília, JC acabou de se mudar do Rio de Janeiro onde morava com o pai para viver na mesma casa que Norma e a irmã. Contudo, nem parece que ele está lá: JC é streamer de jogos e fica tanto tempo com a cara no computador que mal percebe que uma pandemia global começou — aliás, até percebeu, mas prefere fingir que é mentira só para irritar a irmã jornalista. Tem opiniões fortes, sempre em uma tentativa falha de ser polêmico, defendendo a mão invisível do mercado, mas sempre precisando da mão visível de Dona Norma para não morrer de fome, pois é incapaz de fazer um miojo sozinho. Adotado pela família quando era apenas um bebê, Norma sempre o mimou desde então. Tudo para ele é um jogo, e o seu favorito é Irritar Cecília Até Ela Surtar™. De uma forma torta (lê-se: tóxica), é o jeito dele dizer que quer se aproximar mais dela.

Amanda Speedster/Victor Alves (Jade Odara/Edgar Cardoso): Victor Alves é um intrépido motorista de ambulância do SAMU que tem uma bem-sucedida carreira na cena noturna paulistana como Amanda Speedster, uma drag queen. Amante de curvas perigosas, é cheio dos dotes artísticos, automobilísticos e domésticos. Amanda vive consertando as coisas no apartamento dos avoados Marcos e Dino – por quem nutre uma paixão nem tão secreta assim, e que talvez esteja começando a ser correspondida.

Camilinha (Gabi Lopes): Youtuber de viagens que precisou se reinventar no pior momento possível para o seu ramo de atividades. Tem temperamento explosivo e já arrumou muita confusão com outras influencers, mas um de seus problemas mais recorrentes é o ex-namorado Dino, que vira e mexe aparece com alguma ideia absurda para “ajudá-la” (ou pede conselhos para flertar com outras pessoas já que, infelizmente, ela é a pessoa que mais lhe conhece no mundo). O seu canal se chama CamiLondon (seu lugar preferido na Terra) e seu fandom Camilers. Agora que não tem mais como viajar, vai ter que se contentar com o Google Maps.

Ficha Técnica:

Produtora Criativa: Huuro Entretenimento

Criação: Aline Diniz, Felipe Castilho

Coprodução: Warner Channel

Curadoria: Érico Borgo e Aline Diniz

Produção Executiva: Laís Almeida

Gestão de projetos: Bárbara Botechia

Produtora Audiovisual: Bezerra Filmes

Direção: Cyro Barros

Roteiro: Felipe Castilho, Luíza Fazio

Fotografia: Gabriel Pignataro

Produção: Gabriela Seabra, Giovanna Cioca, Marcelo Labruna

Montagem: Hamilton Mathias, Vinicius Sena

Finalização: Fabiano Benetton, Santhiago Lopes

Figurino: Flavio Tarantello

Direção de arte: Victor Rosa, João Scaranelo

Cenografia: Ana Paula Oliveira Arêas

Produtora de som: Transient Studio

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui