Gail Simone, Jorge Jimenez, Jordi Bernet, Esteban Maroto e Humberto Ramos marcarão presença no canal do Artists’ Valley.

A menos de um mês da primeira edição totalmente virtual do maior festival de cultura pop do planeta, a lista de artistas confirmados para a CCXP Worlds, que acontece nos dias 4, 5 e 6 de dezembro, não para de crescer. Entre os novos quadrinistas anunciados estão Gail Simone, uma das maiores vozes do empoderamento feminino no universo dos quadrinhos de super-heróis, Jorge Jimenez, artista exclusivo da DC que assina diversas edições recentes do Batman, e Jordi Bernet, um dos maiores desenhistas europeus. Completam a lista Esteban Maroto, um dos responsáveis pelo sucesso de ‘Cinco por Infinito’, e Humberto Ramos, um dos mais reconhecidos artistas do Homem-Aranha. Eles estarão na programação do canal do Artists’ Valley, que somará dezenas de horas de programação exclusiva sobre quadrinhos. Para conhecer o line-up já divulgado acesse http://www.ccxp.com.br.

A premiada roteirista Gail Simone escreveu diversas edições da Mulher-Maravilha, em especial a saga ‘O Círculo’, além de assinar uma variedade de títulos importantes como ‘Deadpool’, ‘Batgirl’, ‘Aves de Rapina’, ‘Simpsons’, ‘Sexteto Secreto’ e ‘Homem-Borracha’. Simone também foi responsável pelo roteiro do filme animado da Mulher-Maravilha e por outras animações, entre elas ‘Tomb Raider’ e ‘Liga da Justiça sem Limites’. Como desenhista, criou o personagem Savant, que será interpretado por Michael Rooker na sequência cinematográfica de ‘Esquadrão Suicida’. Atualmente, a roteirista faz parte do projeto ‘Dark Nights: Death Metal: The LastStories Of The DC Universe’. 

Outro artista confirmado é Jorge Jimenez. O espanhol – vencedor do prêmio Carlos Giménez na categoria Melhor Desenhista Nacional, em 2018 – começou sua carreira transportando para os quadrinhos o conto ‘All Summer in a Day’, do escritor Ray Bradbury, em obra publicada pela IDW. Na mesma editora, trabalhou em ‘Jurassic Park: Dangerous Game’ e na adaptação do filme ‘Transformers: O lado oculto da lua’ para uma HQ lançada com o longa. Já na DC Comics, o artista levou para os quadrinhos as séries ‘Arrow’ e ‘Smallville’, mas foi com ‘Super Sons’ que ganhou mais notoriedade com o público e conquistou uma posição na lista dos cinco quadrinhos mais vendidos dos Estados Unidos. Artista exclusivo da DC, Jimenez assinou edições recentes do Batman e estreou o novo inimigo do herói, o Designer, no arco ‘The Joker War’.

Quem também marcará presença na edição virtual da CCXP é Jordi Bernet, considerado um dos maiores desenhistas europeus. O veterano, que está em atividade há mais de seis décadas, começou a trabalhar com apenas 15 anos, substituindo seu pai, Miguel, na série ‘Doña Urraca’. Nos anos de 1960, entrou na agência Bardon Art, onde assinou diversas séries de faroeste, guerra e aventura. A carreira de Bernet atingiu seu auge em 1982, quando ele passou a desenhar ‘Torpedo 1936’, criação do roteirista Enrique Sánchez Abulí. Nessa mesma época, fez uma de suas obras mais elogiadas, ‘Kraken’, com roteiros de Antonio Segura. O artista também teve uma produtiva parceria com o argentino Carlos Trillo, lançando, entre outras, a série de humor erótico ‘Clara de Noite’. Outras obras conhecidas são ‘O Homem de Atlanta’, uma minissérie do personagem Jonah Hex, da DC Comics, e episódios de ‘O Vampiro Americano’, da Vertigo.

No Artists’ Valley o público poderá conhecer um pouco mais da obra do cultuado artista Esteban Maroto, um dos responsáveis pelo sucesso de ‘Cinco por Infinito’. A história de ficção científica com muitas pitadas de psicodelia foi lançada orginalmente na Espanha, em 1967. Ainda inovadora em diversos aspectos, a obra ganhou uma nova edição no Brasil recentemente. O quadrinista também passou pela Marvel, onde assinou quadrinhos da Red Sonja e do Conan, guerreiros que dispensam apresentações. Maroto fez a arte de centenas de histórias de terror para as revistas Creepy, Eerie e Vampirella, além de desenhar histórias de bárbaros para a editora New English Library. A extensa carreira do quadrinista também conta com minisséries para DC Comics entre o final dos anos de 1980 e começo da década de 1990. 

Fecha mais um grupo de anúncios da CCXP Worlds o artista mexicano Humberto Ramos. Um dos grandes nomes dos quadrinhos de super-heróis, ele se destacou no início da década de 1990 com o título do personagem Impulso, da DC Comics. Na Marvel, Ramos assinou quadrinhos como ‘Espetacular Homem-Aranha’ ‘Wolverine’, ‘New X-Men’, ‘X-Men’ e ‘Runaways v3’. Já para a Dark Horse, fez a polêmica ‘Revelations’, escrita por Paul Jenkins. Junto a outro ícone dos roteiros, Mark Waid, Ramos criou a Red Locust, uma heroína que homenageia o personagem Chapolin Colorado, criação de Roberto Bolaños, o eterno Chaves.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui