Se você é leitor e colecionador de quadrinhos no Brasil deve saber que o mercado nacional de HQs nunca esteve tão em alta. Prova disso é o sucesso de dois grandes eventos do segmento que tivemos no ano passado: Brasil Comic Con e Comic Con Experiente. Lá, vimos filas gigantescas formadas por pessoas interessadas no trabalho dos artistas brasileiros. Nestes eventos conhecemos o material produzido atualmente não só por veteranos da indústria, mas por uma enorme quantidade de novos quadrinistas talentosos e ávidos para mostrar do que são capazes. Uma das razões para o material destes “novatos” tardar a ser conhecido pelo grande público é o fato das grandes editoras não terem como foco a publicação de títulos desconhecidos sem o potencial de venda das grandes linhas editoriais já consagradas, como Marvel, DC e Vertigo, que tem abastecimento garantido pela Panini em todo território nacional.

Sendo assim, para ajudar no suporte do país e trazer quadrinhos nacionais novos e de qualidade para o leitor brasileiro foi lançado recentemente o aplicativo Comix Trip para iPad. Como vimos na Brasil Comic Con, o APP une duas indústrias crescentes de maneira prática e econômica. Não é de hoje que a distribuição digital de HQs é alternativa para muitos, seja por falta de espaço físico ou preferência diante de inúmeras vantagens oferecidas pelo meio virtual. Mesmo colecionadores que resistem à migração para o meio digital insistindo em ter seus amados gibis em mãos, como este que vos escreve, precisam admitir que ter uma coleção acessível a um simples toque, sem pesar ou ocupar espaço e com durabilidade ilimitada é algo que deve ser valorizado.

Com o crescente investimento na divulgação digital, popularização dos tablets e acesso a internet, existe uma tendência favorável a este meio em detrimento do formato físico, para o bem e para o mal, tanto que grandes editoras como DC e Marvel possuem há anos divisões próprias trabalhando exclusivamente para o mercado digital. Se por um lado isto prejudica comic shops tradicionais e muda paradigmas clássicos da indústria, ao menos temos a vantagem de ter lançamentos simultâneos de HQs em cada canto do mundo, o que definitivamente aumenta o alcance de mercado de qualquer publicação.

comixtrip-1

Com a versão para testes em mãos, pudemos ler novas HQs nacionais e conferimos a praticidade do aplicativo. Logo ao abrir o APP, o leitor é apresentado a diversas opções de HQs, acompanhadas de informações sobre autores, ano de lançamento, número de páginas e até uma amostra grátis para o leitor experimentar o material. De forma completamente gratuita, estão disponíveis dois trabalhos de Brão Barbosa (Jesus Rocks e Minha Amada) e um de Bira Dantas (Bira Zine 2). Temos ainda trabalhos feitos exclusivamente para o aplicativo, como os dos autores Rico (Aí o Pau Quebra) e Amorim (Rua Paraíso).

Por ser voltado ao público brasileiro, todas as HQs são disponíveis no nosso idioma e vendidas em reais através de cartão de crédito com preços acessíveis que variam de acordo com a publicação. O acervo encontrado ainda não é gigantesco, mas atende a demanda inicial e cumpre o objetivo de apresentar conteúdo novo e variado ao leitor. Importante mencionar que em nenhum momento experimentamos travamentos ou erros no aplicativo, o que ajuda a passar mais tempo com as HQs digitais de forma agradável.

Como prometido pelos desenvolvedores do APP, os artistas interessados podem enviar seu trabalho de maneira prática, ajudando na própria divulgação e recebendo por isso, além de incentivar a leitura em nosso país. Dentre os quadrinistas que já estão disponibilizando suas obras no aplicativo, destacam-se: Felipe Cagno (Lost Kids), Bira Dantas (D.Quixote), Aluísio Castro (Carcará), Gabriel Jardim (Café), Gilmar (De Quatro), Laudo (Yeshua), Flávio Luiz (Aú, o capoeirista), Rico (Tiras e Cartuns) e Will (As Aventuras do Cap. Nemo).

Vale lembrar que o criador do projeto, Alexandre Montandon, já nos confirmou que o aplicativo está em fase inicial e que melhorias estão sendo desenvolvidas agora mesmo, assim como a chegada de novo conteúdo que promete ser constante. Apesar de estar disponível por enquanto apenas na App Store da Apple, existem planos para o lançamento do Comix Trip também para o sistema Android no futuro próximo.

Para saber mais sobre o APP acesse já o site oficial: http://www.comixtrip.com.br/

comixtrip-3

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui