Novo Live Action da Disney: Cruella, protagonizado por Emma Stone, já está entre nós!

O longa que traz uma das vilãs mais cruéis da Disney, chegou aos cinemas e ao streaming do Disney Plus (através do Premier Access custando 69,90). Cruella, o novo live action da Disney protagonizado por Emma Stone e dirigido por Craig Gillespie, é um show de figurino e visual. Ambientada em Londres de 1970, o filme traz a história de Estella, desde sua infância até sua juventude: inteligente, ambiciosa e atrevida.

O filme já começa trazendo a Estella/Cruella, criança e assim a gente passa a entender sua história. Ela que não é muito paciente, consequentemente, devido a isso se mete em cada situação. O longa começa a ganhar rumo após um especifico acontecimento, onde Stella se culpa por isso. Sozinha em plena Londres, ela conhece Gaspar (Joel Fry) e Horácio (Paul Walter Hauser) seus fiéis escuteiros e parceiros de aventura.

Cruella' é o filme mais sombrio da Disney”, diz Emma Stone | VEJA

A história se passa como falado anteriormente em Londres, em meio a década de 1970, onde a moda estava em seu auge. Apaixonada por moda desde criança, Stella com seu incrível talento para a área, através de um “empurrãozinho” consegue entrar no tão sonhado lugar que sempre desejou, só não da forma que queria, pelo menos a princípio.

Entre os destaques da trama sem sombra de dúvida são os figurinos e a trilha sonora, uma aula de como se fazer moda pela incrível Jenny Beavan, a mesma de MAD MAX. A trilha sonora com grandes bandas de sucesso como Queen, The Machine, The Doors e muitos outros são realces de se tirar o chapéu.

Cruella': Diretor fala sobre correr riscos, Emma Stone e confessa que não  viu '101 dálmatas' de 1996 | Cinema | G1

Um ponto negativo que talvez não seja para todos os expectadores, seria deixar a rivalidade entre Cruella e Baronesa (Emma Thompson) mais “íntima” podendo assim dizer, contudo, não estraga a essência do filme. A rivalidade entre ambas é de uma química fenomenal; de fato temos Um Diabo Veste Prada da Disney. E com seus easter eggs e as referências da animação clássica de 1961; Principalmente na cena pós crédito (fica a dica).

As atuações não tem nem o que falar, Emma Stone constrói uma Cruella fenomenal, onde temos de fato uma personagem: carismática, doida e rebelde. Emma Thompson também é destaque em sua atuação como a Baronesa, aquela vilã que nos dá ranço, mas ao mesmo tempo não perde o salto e elegância. A originalidade do filme é o que torna a trama envolvente e convidativa.

Cruella: Emma Stone e Emma Thompson, ganhadoras do Oscar, se enfrentam

A grande pergunta é: Melhor Live Action da Disney até agora? Deixo por conta de vocês!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui