Estamos a pouco mais de 1 mês da estreia de Vingadores: Era de Ultron, por isso nada mais pertinente do que publicar um trecho mais do que interessante de entrevista concedida pelo diretor Joss Whedon a Revista Empire. Nela, são abordados assuntos importantes, como os poderes de Ultron e a ausência de Hank Pym (Homem-Formiga) da história.

  • Poderes de Ultron

ultronOs poderes nos quadrinhos – são sempre algo como: ‘E então eu posso inverter a polaridade de seus íons! “- Bem, temos que fundamentar as coisas muito mais. Com Ultron, temos que fazê-lo um pouco menos onipotente, porque do contrário ele iria ganhar e ponto final. Além disso, ter fraquezas, pontos fracos, necessidades, alianças e realmente se importar com o que pensam dele, todas essas coisas, são o que fazem dele um personagem e não apenas uma força imparável. Um filme sobre tal força pode ser grande, mas é diferente de um conflito entre um lado e outro. Quando Ultron fala, ele tem um ponto. Ele realmente não está ciente do fato de que seu ponto nada tem a ver com sua aparente insanidade. E, ele odeia os Vingadores por trazê-lo a este mundo, e ele realmente não consegue articular isso ou mesmo entender o quanto ele odeia a humanidade. Esse cara é muito divertido de escrever. Ele combina todo o material icônico. Os poderes que ele tem são ligeiramente diferentes – ele pode controlar certas coisas, ele não está apenas atirando repulsores.

 

  • Ausência de Hank Pym

hank pymDe todas as críticas que enfrentei, não ter Hank Pym foi uma das maiores. Mas, o fato era que Edgar
[Wright] – antigo diretor de Homem-Formiga – teve o personagem antes e em virtude do que Edgar estava fazendo, não havia nenhuma maneira para usá-lo neste filme. Eu também pensei que era uma ponte longe demais. Ultron precisa ser fruto da imaginação dos Vingadores, e no mundo dos Vingadores e do universo cinemático Marvel, Tony Stark é esse cara. Banner também conta com estes elementos – mas, nós realmente não pensamos nele como sendo tão irresponsável quanto Tony Stark, mas a mãe de Deus! Ter testado radiação gama em si mesmo, com resultados ainda mais terríveis do que o Tony Stark jamais fez. Não fazia sentido introduzir um terceiro cientista para fazer isso. Foi difícil para mim fazer essa mudança, porque eu cresci com os quadrinhos, mas, no final do dia, é uma relação mais interessante entre Tony e Ultron se Tony já foi como: ‘Você sabe o que seria realmente um grande ideia?’ Eles estão fazendo o que sempre fizeram – que é mergulhar de cabeça, e depois pensar ‘Desculpe, mundo’. Entretanto, você tem que fazê-los ter sua parcela de responsabilidade, sem que necessariamente sejam culpados por isso.

Vingadores: Era de Ultron estreia no Brasil dia 23 de abril de 2015.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui